Tecnologia dá retorno! – Como o investimento em TI pode potencializar os negócios

“Tudo muito interessante, mas isso dá retorno?” – é aquela pergunta típica do empresário antes de abrir a carteira para fazer um investimento, principalmente quando se trata de TI.

O uso intensivo da Tecnologia da Informação está cada vez mais presente em todo tipo de negócio, reduzindo custos e aumentando a eficiência/agilidade dos processos. Mesmo assim, muitos empreendedores ainda se assustam diante da complexidade e das constantes mudanças do universo digital. A grande maioria tem dificuldade em compreender como o uso da TI pode contribuir para melhorar o resultado financeiro. Inclusive porque esse retorno nem sempre é direto nem imediato, mas pode fazer grande diferença no médio e longo prazo. Então, como saber se um projeto de TI vale o investimento?

Em princípio, é até simples saber se um determinado investimento no negócio está dando resultado financeiro. Existe até uma sigla para isso, o ROI (Return On Investment, ou Retorno Do Investimento). Calcula-se com uma equação simples, uma porcentagem em que se divide o lucro líquido (menos impostos e taxas), sobre o custo desse investimento. Assim:

 

Fato é que, o ROI dos investimentos em TI estão cada vez mais positivos! Investir em TI no mercado atual é essencial para os empreendimentos, mesmo que a tecnologia não seja o core business da empresa.

 

VIDA ÚTIL

Como já foi dito, os empreendedores muitas vezes têm dificuldade em acompanhar as mudanças constantes e rápidas da tecnologia. Por isso, esse cálculo também deve levar em consideração a chamada obsolescência (processo de tornar-se obsoleto), que na TI leva em geral de três a cinco anos. No caso do hardware, como um smartphone ou tablet, esse tempo geralmente é de três anos. Já no caso do software, como um aplicativo, costuma levar até cinco anos. Insistir em tecnologia ultrapassada – enquanto seu concorrente conta com a última geração – pode resultar numa grande desvantagem competitiva.

 

GANHOS TANGÍVEIS

Existem benefícios financeiros bastante óbvios ao se aplicar a TI ao negócio. Por exemplo, a automatização de processos costuma trazer redução de custos trabalhistas e elimina funções em geral repetitivas e mal remuneradas, além de realizá-las com mais agilidade e precisão. Vendas online permitem comercializar produtos sem os altos custos que implica possuir lojas físicas espalhadas por diversas regiões.

Entre os benefícios palpáveis, que aparecem no cálculo do ROI, estão: redução de viagens e deslocamentos; aumento de produtividade; redução de erros; maior monitoramento e controle dos processos; marketing que permite chegar a um grande número de pessoas sem os custos dos meios publicitários tradicionais.

 

GANHOS OCULTOS

Mas muitos dos benefícios trazidos pela TI para o negócio não são imediatamente visíveis na equação do ROI. São melhorias de processos e resultados que trazem ganhos no médio e longo prazo, como a melhoria da satisfação do cliente, o aumento na agilidade dos processos; acesso às informações com mais agilidade e precisão; melhoria das previsões e análises usando dados mais confiáveis; etc. Uma pesquisa realizada pela FGV em 2016 apontou que, para cada 1% de investimento em TI, uma empresa lucra 7% em dois anos.

 

INVESTIMENTOS MAIS VISADOS

Existem diversas soluções, tecnologias e serviços de gestão disponíveis para o setor corporativo, mas algumas delas tem tido mais destaque ultimamente:

Serviços Gerenciados em TI – Consiste na contratação de uma equipe especializada para fazer a gestão, segurança, monitoramento e otimização da infraestrutura de TI.

Soluções em nuvem – Aumentam a mobilidade dos profissionais e tornam os sistemas mais disponíveis, com redução dos custos de manutenção.

Sistemas de gestão integrada e gerenciamento de consumidores – Permitem acesso mais rápido e preciso às informações essenciais para venda, gestão e relacionamento com o consumidor.

Internet das Coisas (IoT) – Aumenta o nível de automatização, trazendo economia de recursos e mais tempo para focar no negócio.

Ferramentas de Análise de Dados – Essas tecnologias, como as baseadas em Big Data por exemplo, ampliam o número de fatores que poderão influenciar o planejamento de mercado.

 

OBJETIVOS CLAROS, RETORNO CERTO!

Para se ter noção de quais melhorias um projeto de TI vai trazer para a empresa, não é necessário ser um especialista em TI. O importante é ter conhecimento do problema que você visa resolver com essa tecnologia e como irá fazer isso. Uma determinada tecnologia estar em alta não significa que vai contribuir para o seu ramo de atividade. Contar com uma rede WiFi dentro da empresa, por exemplo, será útil se os funcionários têm necessidade de se deslocar pelas dependências ou de se comunicar com agilidade sem estarem próximas de um terminal.  Caso contrário, poderá representar um custo desnecessário.

Mas para saber se um projeto de TI realmente serve aos interesses e necessidades do negócio, o melhor caminho é consultar uma empresa especializada, com profissionais capacitados e com boa referência. Eles saberão indicar as tecnologias que mais se adequam ao perfil do negócio e que mais trarão resultados, tanto os imediatos e visíveis quanto os de médio/longo prazo e indiretos.

Veja abaixo 8 benefícios (ou retornos) objetivos que o investimento em TI proporciona:

1. Aumenta a produtividade;
2. Cria mobilidade;
3. Reduz custo com comunicação;
4. Melhora a gestão;
6. Ajuda a entender o mercado;
5. Incrementa a capacidade de competir;
7. Melhora a segurança dos dados;
8. Enriquece a relação com o cliente.

Investir em tecnologia é a porta de entrada para o sucesso de qualquer negócio! Entre em contato com a LIVTI, venha tomar um café conosco e entender como funcionam nossos Serviços Gerenciados em TI, essa é uma decisão que certamente vai gerar vantagem competitiva para a sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.