Não jogue dinheiro fora! Aproveite corretamente os recursos de TI através de uma gestão proativa

 

A subutilização da tecnologia da informação, ou em outras palavras, o uso incorreto dos recursos de TI, é um problema detectado principalmente em empresas de médio e pequeno porte, onde os gestores dos setores e departamentos que agregam mais responsabilidades e atividades, por estarem em uma estrutura mais enxuta, participam muitas vezes no processo de aquisição de equipamentos e programas, influenciando na decisão do nível estratégico, geralmente com o discurso “os computadores estão muito lentos…, esses programas que utilizamos não rodam bem…, o nosso sistema/banco de dados é muito ineficiente…”.

 

Mas então, após a compra e instalação dos recursos de TI, esses mesmos gestores não dão a devida importância ao uso e funções que as novas tecnologias proporcionam.

 

Verifica-se que a incidência de uma utilização frágil dos recursos tecnológicos é comum em muitas organizações e os administradores não apresentam postura proativa na solução deste quadro.

 

 

As pessoas precisam ser motivadas nas organizações para que possam render mais e melhor nas suas atividades. O administrador deve desenvolver as habilidades inerentes a um bom líder para agregar valores aos seus colaboradores, e quando envolvemos neste contexto a TI , este papel torna-se importantíssimo na utilização plena dos recursos tecnológicos disponíveis.  Reter valores, desenvolver equipes, motivar pessoas, manter processos em funcionamento, controlar custos, aumentar a lucratividade, prospectar novos negócios e, também, gerir os recursos tecnológicos são responsabilidades dos administradores nas empresas.

 

Contudo, não deve ser exigido dos gestores das organizações, que não são ligados diretamente a TI, que dominem os conhecimentos específicos e técnicos dela. Os gestores não precisam ser especialistas, ter formação na área, dominar gerenciamento de banco de dados, linguagens de programação e serem aptos a governança de TI, com todo emaranhado de técnicas e ferramentas.

 

Do que os gestores devem ser responsabilizados:

* Como os recursos investidos em TI estão sendo utilizados;

* Como suas equipes estão trabalhando com a tecnologia;

* Se os colaboradores estão sendo treinados constantemente para atingir níveis altos de eficiência em suas atividades e etc.

 

O fator chave para o aproveitamento eficaz dos colaboradores, na utilização dos recursos tecnológicos disponíveis nas organizações, é a gestão eficiente e proativa destes recursos por uma equipe especializada. É essa gestão estratégica, portanto, a base para que os recursos de TI sejam bem utilizados e funcionem de maneira a maximizar o bom desempenho das empresas.

 

Por isso, os gestores de hoje devem tratar os administradores diretos da TI, responsáveis pela gestão estratégica da mesma, como grandes parceiros na evolução e desenvolvimento das rotinas em seus setores ou departamentos.

 

A gestão proativa dos recursos de TI por uma equipe especializada, proporciona às empresas maior aproveitamento dos recursos investidos em equipamentos e programas, melhora a capacitação dos colaboradores e cria um ambiente mais produtivo e eficiente.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *